Alternativas felizes para quando

o sol não vem

barra.png

Juliana Santana
2020 / 6'09"

São Paulo, Brasil

Livre

Uma mulher idosa em tempos de medo sobre uma pandemia relata o que sente sobre a saudade e a dor da perda, fazendo reflexões sobre a vida e sua trajetória de luta, revendo memórias em fotografias arquivadas, fazendo tentativas de análise sobre o seu luto. O sentimento da perda relatado em imagens que remetem lembranças, solidão e cansaço. Relatos de tristeza e melancolia, porém sobre a importância da vida, com muita fé, e esperança para quando o sol não vem, que ela possa se apegar as coisas boas e seguir. Espere o melhor, prepare-se para o pior e aceite o que vier

alternativas-felizes.jpeg