Águas de Março

barra.png

Marilú Mapengo Námoda

2019 / 1'30''

Moçambique

16 anos

Águas de Março é uma curta metragem de carácter experimental. Utilizando o meu corpo e objectos do quotidiano, abordo a violência como uma questão ampla que atravessa o nosso tempo e sobretudo a nossa relação com a natureza (corpos e territórios). A violência como elemento comum em questões aparentemente desassociadas como por exemplo o estigma relacionado ao fluxo menstrual e as mudanças climáticas. Existem fronteiras entre o corpo e o mundo?

Agas de Maco.jpeg